26 de mar de 2012

Pastéis de Nata

Mais uma experiência em casa!!!

Desta vez foram os pastéis de nata!!!
Veio-me à ideia fazer umas natas diferentes das natas comuns ... em Óbidos vêem-se pasteis de nata de chocolate e durante o curso não nos foi ensinado como os fazer, mas não desisti da ideia e pensei numa maneira de os fazer e levei a teoria à prática. Eis o resultado final:


O meu antigo Chefe do Curso de Cozinha e Pastelaria, na Escola de Hotelaria e Turismo do Fundão, fez em 2011, no Festival da Cereja uns pastéis de nata de cereja, e isso ficou-me na ideia e então pensei nuns em morango, fruto que gosto muito, e levei mais uma vez a teoria à prática. Eis o resultado final:


E lá vieram também os pastéis de nata habituais!

7 de mar de 2012

Pasteleiro com curso CET Nível 5, EHTO - Obidos -- Completo

Mais uma etapa da vida pessoal e profissional concluída!!!

A partir de agora sou Pasteleiro com o curso tirado na Escola de Hotelaria e Turismo de Óbidos, curso a juntar ao já tirado de Cozinha e Pastelaria na Escola de Hotelaria e Turismo do Fundão.

Neste curso aprendi a fazer:
  • Pastelaria de rua;
  • Chocolate, peças artísticas e bombons de molde e corte;
  • Gelados e sorbets;
  • Crocantes;
  • Mousses;
  • Coberturas;
  • Genovesas;
  • Financiers;
  • Gelatinas;
  • Cremosos;
  • Chocopan;
  • Massapan;
  • Pasta de Açúcar;
  • Trabalhar açúcar soprado e estirado;
  • Caramelo;
  • Padaria;
  • Peças Artísticas em Massa morta;
  • Entre outras coisas mais....


Durante estes quase 5 anos de cursos, tive o prazer de estagiar em várias Unidades Hoteleiras e Pastelarias, tais como: Hotel Serra da Estrela e Varanda dos Carqueijais (2008); Hotel Tivoli Vilamoura (2009); Pastelaria Versailles (2011); H2Otel - Serviços Extra Cozinha/Pastelaria (2009/2010); Iguarias do Tempo - Cozinha/Pastelaria Casamentos (2010); Pastelaria Versailles - Serviço Extra Época de Natal (2011);

Depois deste curso, encontro-me a procurar emprego na área de pastelaria, em Hotel ou Pastelaria de Rua com fabrico próprio. De modo a dar desenvolvimento aos meus conhecimentos e a adquirir novos conhecimentos paraa pô-los em prática e a ajudar a desenvolver a entidade e a desenvolver-me pessoalmente e profissionalmente.

Com esta má fase do país, não está a ser fácil encontrar um local onde poça exercer a profissão, mas continuo a enviar currículos para ver se tenho sorte em ser chamado.


Muito obrigado a todos aqueles que me ajudaram a desenvolver como profissional!!!