31 de out de 2010

Panzerotti para o jantar!

Veio-me à ideia no outro dia uma receita que o meu colega, Paulo Leite, confeccionou durante o estágio no Verão de 2009, enquanto estagiávamos no Algarve. É uma receita que ele aprendeu a fazer no estágio que teve a oportunidade de fazer em Itália!

Com base na receita publicada pelo próprio, Paulo Leite, no seu Blog, coloquei mãos à obra e fui às compras, agarrei-me às facas e ao fogão e comecei a preparar a mise-en-place para o Panzerotti!!!

Para a massa:
  1. 1kg -- Farinha
  2. 300g -- Batata
  3. 25g -- Fermento
  4. qb -- Água e Sal

Preparação:
  • Cozer as batatas em água e sal;
  • Reuzir a puré simples;
  • Dissolver o fermento em água morna e juntar ao preparado da puré com a farinha;
  • Amassar e ir colocando água para obter uma uma massa fofinha e homogénea;
  • Deixar repousar a massa para ela levedar;
Recheio:
  1. Mozzarella de Búfala -- 3 unid.;
  2. Manjericão fresco;
  3. Tomate -- 3 unid.;
  4. Polpa de Tomate -- qb;
Preparação:
  • Fazer uma incisão em X no tomate e colocar em água a ferver +/- 20 seg., retirar e colocar em água fria (com gelo de preferência);
  • Retirar a pele aos tomates e cortar em cubos pequenos, reservar;
  • Cortar a Mozzarella em cubos pequenos, reservar;

Preparação final:
  • Fazer um rolo com a massa e cortar em porções circulares idênticas;
  • Esticar a massa e colocar o recheio no centro;
  • Dobrar a massa e sobrepor, "tipo um rissol";
  • Colocar a fritar em Óleo bem quente;
  • Quando estiver frito, colocar a escorrer em papel, para este absorver o óleo em excesso;
Nota: O Panzerotti deve-se comer preferencialmente quente.

1 de out de 2010

Participação no Evento da Melhor Sobremesa de Uva em Anadia

Foi no dia 26 de Setembro, dia em que me ia dirigir para Óbidos, o lugar onde vou estudar Gestão e Produção de Pastelaria nos próximos 18 meses (aprox.), que fiz um desvio de cerca de 150 Km (aprox.) para participar num Evento em Anadia com o nome de A Melhor Sobremesa de Uva III Edição, onde os participantes deviam apresentar no mínimo uma sobremesa e no máximo duas, em que o produto chave a utilizar era a Uva da Bairrada.
O concurso contou com muitos participantes, sendo que estes estavam divididos em duas categorias, Profissionais e Amadores. Nos profissionais, contaram com a presença de pastelarias, escola, cursos profissionais, etc, na categoria amadores, entraram pessoas que participaram pra mostrar o seu valor na área e também associações.

Eu fui colocado na categoria de Profissionais, devido a ter estado a representar a Escola de Hotelaria e Turismo do Fundão (EHTF), onde apresentei duas sobremesas (ver em baixo). Não consegui ficar nos lugares dos prémios, 3 primeiros, pois a concorrência tinha-se esmerado nas produções, posso até dizer k os dois primeiros lugares apresentaram duas estátuas de chocolate que serviam de apoio às sobremesas.

Estas foram as sobremesas apresentadas:

A Deusa das Vinhas

Composição: Mousse de Requeijão; Genovesa de
Chocolate
c/ Passas de Uva; Compota de Uva;
Esferificação de Chá de Folhas de Videira &
Crocante de Uva


A Doce e Fresca Casta da Bairrada

Composição: Gelado de Uva; Muffin de Passas de Figo
Compota de Uva